Escolha uma Página

Dor no peito esquerdo é um sintoma grave e preocupante, não tenha dúvidas!

Médicos precisam dar muita atenção ao paciente que reclama de queimação no peito, dor no peito esquerdo ou “peso no peito“.

Pacientes sentindo Desconforto no peito precisam ter certeza de que não estão com sintomas de infarto ou outro sintoma mais grave.

A dor no peito esquerdo pode ser grave: Angina, Infarto do miocárdio, pré-infarto: Então, preocupe-se e procure seu médico.

Segundo a Associação Americana de Cardiologia: “Angina é uma dor ou desconforto no peito causado quando o músculo cardíaco não recebe sangue rico em oxigênio em quantidade suficiente. Pode parecer uma pressão ou aperto no peito. O desconforto também pode ocorrer em seus ombros, braços, pescoço, mandíbula ou costas. A dor da angina pode até ser parecida com uma indigestão.” (Heart.org)

Dor no Peito Esquerdo e Angina

Mas, a angina e dor no peito esquerdo não são uma doença.

É um sintoma que indica que um problema cardíaco possa estar para acontecer: e o principal problema é a doença arterial coronariana (DAC).

Há vários tipos de Angina de peito que seu médico precisa estar atento:

  • angina de Prinzmetal;
  • angina estável;
  • angina instável;
  • angina variante.

Normalmente a angina de peito com dor no peito esquerdo acontece porque uma ou mais artérias coronárias estão estreitadas ou bloqueadas por placa de gordura ou colesterol, conhecida como isquemia.

A angina também pode ser um sintoma de doença de grandes artérias coronárias, mas também de artérias coronárias pequenas (microscópicas) – doença microvascular. A doença microvascular coronariana afeta as menores artérias coronárias do coração e tem maior probabilidade de afetar as mulheres do que os homens. Saiba mais sobre angina em mulheres (breve).

O sintomas que você terá vai depender do tipo de Angina que você tem, confira.

Riscos da Dor no peito esquerdo ser Angina:

Você precisa entender qual é o risco de sua dor no peito esquerdo ser realmente uma angina de peito.

Se você está sob risco de doença cardíaca ou DMV coronária, também está sob risco de sua dor no peito ser uma angina. Os principais fatores de risco para doenças cardíacas são:

  • Níveis de colesterol alto
  • Pressão alta
  • Fumar
  • Diabetes
  • Sobrepeso ou obesidade
  • Síndrome metabólica
  • Inatividade
  • Dieta não saudável
  • Idade avançada (o risco aumenta para os homens após os 45 anos e para as mulheres após os 55 anos).
  • História familiar de doença cardíaca precoce

A idade do paciente – um fator importante:

Entretanto, mais importante que a dor… é a idade do paciente, por incrível que pareça.

Um adolescente ou adulto jovem (<40 anos) com estas dores: é difícil que seja doença das coronárias ou por falta de oxigenação no coração. Já um idoso (>60anos), a história já muda! A chance é muito grande.

Dor no Peito Esquerdo: diagnóstico de Angina:

Todas as dores no peito devem ser avaliadas por um profissional de saúde. E se você está com dor no peito esquerdo, você precisa procurar o seu médico urgente.

Se você tem dor no peito esquerdo, seu médico precisa separar a dor típica de angina da dor no peito não cardíaca. Algumas perguntas seu cardiologista fará:

  • A dor no peito esquerdo é uma angina instável?
  • A dor no peito esquerdo é uma angina estável?

Se for uma angina instável, pode ser necessário tratamento médico de emergência para tentar prevenir um ataque cardíaco.

Seu médico provavelmente fará um exame físico, perguntará sobre seus sintomas e sobre seus fatores de risco e seu histórico familiar de doenças cardíacas e outras condições cardiovasculares .

Tenho do no peito esquerdo: o que é importante?

Seu médico provavelmente fará uma série de perguntas para descartar as possibilidades de que sua dor no peito esquerdo seja angina ou algo fatal.

Veja as principais perguntas que seu médico fará:

  • Há quanto tempo você está tendo dor no peito esquerdo ou queimação no peito?
  • Em uma escala de 1 (leve) a 10 (crítico), qual é o seu nível de desconforto no peito?
  • Que comportamento provocam ou desencadeiam a sua dor no peito? Atividade física? Alimentação?
  • O que alivia o desconforto no peito?

Eu recebo muitas perguntas, sobre dor e desconforto no peito. Veja:

“Ultimamente tenho sentido um desconforto no peito, desconforto no lado esquerdo do peito, queimação, peso, às vezes dores em pontadas, às vezes sinto como se faltasse o ar

(Leitor A)

Ou outra situação:

Fui ao cardiologista que disse que não tenho problemas cardíacos, após fazer o teste de esforço, associou os meus sintomas com ansiedade. No entanto, continuo a sentir os mesmos sintomas, devo me preocupar, o ECG de esforço é capaz de diagnosticar qualquer problema cardíaco? devo voltar ao cardiologista? ou será mesmo ansiedade?”

(Leitor B)

Desconforto no Peito – O coração é o suspeito?

Quando um paciente chega ao médico relatando um desconforto no peito, o médico irá se preocupar e tentará, de todas as formas, saber a origem desse desconforto.

“Não é dor no peito, é Desconforto!”

Muitos pacientes dirão que não tem dor no peito esquerdo e sim desconforto. A dor da angina de peito não é uma dor localizada, é uma dor espalhada no peito: um desconforto no peito.

Dor no Peito Esquerdo – Pode ser Grave?

Os sintomas de “desconforto no lado esquerdo do peito, queimação, peso, às vezes dores em pontadas” são sintomas que nos fazem pensar em dores cardíacas causadas pela angina.

Mas para chegar à conclusão de que se trata de um problema cardíaco ou não, irá depender de uma série de fatores, vejamos:

Desconforto no Peito Pode ser Coração?

Sim, o Desconforto no Peito pode ser um problema de coração, mas esse desconforto pode ser devido à diversas outras manifestações de sintomas de outros órgãos dentro do peito.

Dentro da Caixa torácica, há diversos órgãos e sistemas orgânicos que podem ser os culpados pelo desconforto no peito, dentre eles:

  • Esôfago;
  • Estômago;
  • Coração;
  • Pulmão;
  • Caixa torácica (esqueleto e músculos).

Portanto, só o seu médico será capaz de determinar, com certeza, a origem da sua dor. Mas vamos lhe ajudar um pouco.

Angina de Peito – como é?

A Angina é a Dor ou Desconforto no peito causado por um problema ligado à falta de oxigenação no coração.

Dor no peito esquerdo – como começa?

Normalmente, a angina (dor/desconforto no peito) é desencadeada pelo esforço físico. É uma dor que acontece no momento do esforço físico ou alguns minutos após esse esforço.

Dor no peito esquerdo – piora com o que?

angina (dor/desconforto no peito) é intensificada e fica mais forte quando o paciente realiza esforço físico ou nas situações em que ele sofre um estresse emocional que faz com que o seu coração acelere e exija uma maior oxigenação.

Dor no peito esquerdo – Melhora com o quê?

A Angina é melhorada com o repouso ou com a redução do mesmo. O paciente percebe que está sentindo a dor/desconforto e para o esforço físico. Logo em seguida, em minutos ou segundos, a dor desaparece por completo ou quase por completo.

Se o paciente achar que a sua dor/desconforto tem alguma dessas características, está passando da hora de procurar a ajuda de um cardiologista.

Tratamento de angina

Todas as dores no peito esquerdo devem ser verificadas por um médico.

Se o seu médico entender que você tem angina instável ou que sua angina esteja relacionada a uma doença cardíaca grave, ele pode recomendar os seguintes testes e procedimentos:

  • ECG (eletrocardiograma)
  • Teste de Estresse (teste ergométrico)
  • Exames de sangue
  • Raios-X de tórax
  • Angiografia Coronariana ou Cateterismo Cardíaco
  • Ecocardiograma transtorácico;

O tratamento da Angina de peito inclui:

  • Mudanças de estilo de vida
  • Medicação
  • Procedimentos cardíacos
  • Reabilitação Cardíaca

Esses tratamentos ajudarão a reduzir a dor e o desconforto e a frequência com que ocorre a dor anginosa. Outro objetivo do tratamento é prevenir e diminuir o risco de ataque cardíaco.

Nem toda dor no peito esquerdo é Angina!

Mas, por outro lado, há outros diagnósticos mais simples que podem preocupar tanto os pacientes e deixá-los à beira de um ataque de nervos.

O coração não é o único suspeito quando se trata de Desconforto no peito esquerdo e dor no peito esquerdo.

Nessas situações – o médico, apenas o médico – pode fazer a distinção dos sintomas – e não vale consulta pela internet. Só a consulta presencial.

Algumas causas possíveis:

  • Embolia pulmonar (um bloqueio em uma artéria pulmonar)
  • Dissecção da aorta (dilaceração de uma artéria principal)
  • Uma infecção pulmonar
  • Estenose aórtica (estreitamento da válvula aórtica do coração)
  • Cardiomiopatia hipertrófica (doença do músculo cardíaco)
  • Pericardite (inflamação nos tecidos que circundam o coração)
  • Um ataque de pânico

Leia mais sobre dor no peito esquerdo:

Leia Também:

Leia mais sobre Hipertensão Arterial:

Situações interessantes:

Infartou com 30 anos… Quando a exceção ocupa o espaço da regra…

Muitas pessoas conhecem amigos, parentes ou conhecidos que tiveram uma morte súbita aos 23 anos ou aos 32 anos de idade. Entretanto, dificilmente esta morte súbita foi causada por um problema relacionado ao infarto ou falta de oxigenação no coração.

Há outras causas de morte súbita em adultos jovens, mas quando o paciente falece, muitos confundem morte súbita e parada cardíaca com Infarto. Há diferença.

Uso de Drogas:

O uso de drogas ilícitas, como a cocaína, é uma das principais causas de morte súbita de origem coronariana, por falta de oxigenação do músculo do coração. Mas esta é uma exceção, não a regra.

Má formações arteriais:

Uma má formação congênita nas artérias do coração também pode ser uma causa de morte súbita de origem Coronariana (infarto e afins). Mas também é uma exceção.

Ansiedade pode causar dor?

A dor é algo bastante subjetivo (bastante pessoal) e algumas pessoas sentem mais dor que outras para a mesma picada, por exemplo. A ansiedade pode, sim, reduzir o limiar de dor e nos tornar mais sensíveis a dor, seja qual for o tipo de dor.

Na pergunta da paciente, o médico suspeito que a dor fosse de origem emocional.

Isso realmente ocorre.

Sua vez…

a sua dor tem as características descritas acima? ou é diferente? Já procurou o seu cardiologista? Já fez o seu check-up? Deixe o seu comentário para auxiliar outros leitores.

Abraços.

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdq_BPBdk6AN8rt57JSlKgiSzW2eJuE7gyt-ncjsIwMtzIxfA/viewform?embedded=true